RESTAURANTE
Menus de Grupo
Casamentos
Baptizados
1ª Comunhão
Bailes de Finalistas
Acções de Formação

Recomendar a um Amigo

História do Almirante

Esta propriedade que em tempos longínquos englobava desde aqui todas as terras até Santo António dos Cavaleiros, onde hoje é a urbanização do Almirante, tem uma história muito pouco conhecida e envolta em algum mistério, devido ao pouco conhecimento sobre o originador do nome da propriedade, um então Almirante da Marinha Real Portuguesa que seria da Figueira da Foz ou Coimbra, tendo esta propriedade aqui em Lisboa.

A nossa história começa com a vinda do Avô Manuel Gaspar Balsa e seu filho Serafim para Lisboa, à procura de uma vida melhor do que aquela que tinham em Almeirim. Começa por viver em Frielas e mais tarde muda-se para o Almirante, trazendo para perto de si a sua família. Foi amanhando as terras, fazendo meloais e cultura hortícola que, posteriormente ia vender para Lisboa. Algum tempo mais tarde decide plantar uma vinha e com o vinho produzido vieram os petiscos feitos na antiga Adega onde é actualmente o  restaurante. A 13 de Julho de 1961 funda a Casa de Pasto tendo-lhe sido atribuído pela Câmara Municipal de Loures o alvará nº1599, funcionando desde essa data junto à estrada nacional e com a conhecida Adega nas traseiras, onde se servia a então proibida Água-pé proveniente da vinha da propriedade acompanhada de vários petiscos.

Com o decorrer dos anos foi-se aperfeiçoando a gastronomia caseira, nomeadamente com o sobejamente reconhecido Arroz de Cabidela entre outros, bem como diversas sobremesas caseiras.

Devido à idade dessas instalações e à necessidade de se acompanhar os requisitos tanto por parte dos clientes como da sociedade procedeu-se à recuperação da antiga Adega onde após algumas obras de beneficiação a actividade hoteleira passou a funcionar com o restaurante Adega do Almirante desde o dia 27 de Setembro de 1992. Também nesta altura se abdicou da vinha para se construir o estacionamento para clientes.

Hoje a Adega do Almirante funciona com serviço de almoços e jantares, encerrando apenas aos domingos à noite. Tem nos casamentos e baptizados um dos pontos fortes aos fins-de-semana, além de uma grande procura nos serviços para grupos de aniversário, grupos empresariais e comemorações diversas.

Em apoio à restauração abriu o Almirante Bar a 20 de Agosto de 1993, tendo-se notabilizado desde esse dia como um dos mais prestigiados e conhecidos bares do nosso concelho. Procedeu-se a uma remodelação no fim de 2001/início 2002 por forma a proporcionar aos nossos clientes um ambiente agradável, com uma nova dinâmica e dimensão ao nível dos melhores bares de Lisboa, tendo condições invejáveis para concertos ou teatro-bar.

O Almirante dispõe desde 2002 de um jardim com lago, fonte, árvores e bar de apoio. Aqui pode-se tirar as fotografias de casamento, baptizado e festas em geral ou passar um bom pedaço de tempo antes ou depois da refeição. Dispõe ainda de um estacionamento privado para cerca de 180 viaturas.

Em 2004 iniciaram-se as obras de recuperação da parte frontal da propriedade dando lugar a um fantástico e único salão de festas com capacidade para 300 pessoas, concluindo-se desta forma as obras de recuperação de espaços de restauração.

Actualmente a Quinta do Almirante é uma referência na gastronomia lisboeta e saloia, tendo uma das maiores ofertas de toda esta região. 



Todos os direitos reservados. Almirante. Copyright 2009. ©Desenvolvimento e Design : iconO2 [www.iconO2.com]